29 de novembro

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
10/09/21 às 11h52 - Atualizado em 10/09/21 às 11h52

NÚCLEO REGIONAL DE VIGILÂNCIA AMBIENTAL NO COMBATE AO CONTROLE DA DENGUE

COMPARTILHAR

Núcleo Regional de Vigilância Ambiental no combate ao controle da Dengue

Os agentes do Núcleo Regional de Vigilância Ambiental do Núcleo Bandeirante, com apoio da Administração Regional da Candangolândia, estão instalando semanalmente armadilhas chamadas ovitrampas em nossa cidade (veja a figura 1).  O objetivo é coletar ovos do mosquito Aedes aegypti semanalmente para, em seguida, reforçar ações contra o inseto onde mais precisa.

Os ovos coletados são levados para o laboratório e contados. Os dados obtidos são usados em um programa de computador para fazer mapas de calor. Nessa técnica, as áreas “quentes” são identificadas (áreas avermelhadas, veja a figura 2) e correspondem aos locais onde há a maior infestação de mosquitos.

Após identificar as áreas prioritárias, todo trabalho de prevenção e controle do vetor da Dengue, Zika e Chikungunya é redirecionado. A participação de todos os moradores, principalmente nas quadras das áreas “quentes”, é fundamental para reduzir a infestação.

Veja no mapa a seguir as áreas destacadas com a cor vermelha (correspondem às quadras QR 1 e QR 3). Neste momento, a infestação no local é preocupante, por isso a mobilização da comunidade para combater

Devemos procurar possíveis criadouros em nossas casas mesmo na estação seca. Assim, proteja ou elimine os locais que podem conter água acumulada. Por exemplo: caixas d’água, baldes, tonéis, ralos, materiais de construção, entre outros.

Lembre-se de que o controle de mosquitos depende de todos!

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros