08 de dezembro

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
28/03/22 às 15h13 - Atualizado em 28/03/22 às 15h33

PROJETO DE CONSULTA POPULAR OUVINDO A CANDANGA

COMPARTILHAR

 

1º PROJETO DE CONSULTA POPULAR PARA A GESTÃO ADMINISTRATIVA DA CANDANGOLÂNDIA  


"Governar é definir prioridades, depois de ouvir o povo"

(Joaquim Domingos Roriz, ex governador do DF)

 

  • O QUE É O PROGRAMA OUVINDO A CANDANGA?

O projeto OUVINDO A CANDANGA é um programa de consulta popular, idealizado pela Administração Regional da Candangolândia, confirmando a cidade mãe, na vanguarda das ações de gestão participativa no Distrito Federal. O programa será o primeiro, mais amplo e inovador projeto de debate com a comunidade, para a construção de um plano de trabalho que atenda as demandas da cidade a partir da ótica e da vontade de sua própria população. O Ouvindo a Candanga visa direcionar as ações da Administração Regional para as intervenções mais importantes da comunidade em cada quadra, assim consideradas de acordo com o critério de maior recebimento de votos pelos cidadãos.

 

  • QUAL A FINALIDADE DO PROGRAMA?

O OUVINDO A CANDANGA tem por finalidade identificar as prioridades de obras, ações, projetos, serviços e políticas públicas, e assim pautar e balizar as ações da Administração Regional e de outros órgãos do GDF, e até mesmo subsidiar a elaboração das leis do Plano Plurianual, das Diretrizes Orçamentárias, das emendas parlamentares e do orçamento anual do GDF, bem como possibilitar a participação da sociedade civil na gestão e aplicação dos recursos públicos.

  • QUAIS OS OBJETIVOS DO PROGRAMA?

O OUVINDO A CANDANGA tem como objetivos:
1-Sincronizar as realizações e ações do poder público com a vontade popular, com o verdadeiro interesse público e o sentimento das ruas. Tal medida respalda toda tomada de decisão por parte dos gestores públicos, aumentando sua assertividade e diminuindo as distâncias entre os representados e os representantes, fazendo com que a boa política dos resultados cheguem efetivamente na ponta, melhorando a vida do cidadão, e de modo especial dos que mais precisam.
Il – Contribuir, de forma efetiva, no processo de participação popular no âmbito da gestão das políticas públicas da Região Administrativa da Candangolândia, através da criação, fortalecimento e ampliação de espaços de interesses públicos;
Ill – Fornecer subsídios para elaboração de um Plano Plurianual – PPA, da Lei de Diretrizes Orçamentárias – LDO e da Lei Orçamentária Anual – LOA;
IV-Corroborar para a elaboração de um Planejamento Estratégico de trabalho e ação da Administração Regional;
V-Formar uma consciência crítica coletiva dos moradores através da participação na gestão pública.

  • COMO VAI FUNCIONAR?

O OUVINDO A CANDANGA funcionará de três maneiras:
– Administração itinerante / Porta a Porta: O Administrador Regional e a equipe da Administração estabelecerão uma agenda de atendimento nas ruas, cada dia em uma quadra. Ao mesmo tempo os entrevistadores (um grupo de funcionários da administração) que estarão na quadra visitada, farão a pesquisa de porta a porta e nos comércios, conforme questionário pré-estabelecido conforme arquivo em anexo. A ideia é fazer uma quantidade mínima de 1.000 entrevistas dividas proporcional e estatisticamente em todas as quadras e setores da cidade.
I1 – Encontros temáticos: A Administração convidará e mobilizará os diversos setores e segmentos da Comunidade para um debate setorizado e segmentado. Esses encontros deverão acontecer na sede da Administração Regional. Ex: Paróquia São José Operário (CPP), Conselho de Pastores, Conselho Tutelar, oficineiros, chacareiros, ambulantes, conselho de cultura, comerciantes e empresários, comissão de defesa do meio ambiente, associação dos feirantes, quiosqueiros, conselho de esporte, conselho de saúde e conselho de segurança, entre outros que podem ser suscitados.

II1 – Site oficial da Administração: O mesmo questionário de opinião usado nas ruas, também será disponibilizado em nosso site e amplamente divulgado em nossas redes sociais.

  • CONCLUSÃO:

Montaremos a partir desse projeto, um verdadeiro diagnóstico atualizado das demandas e necessidades da cidade provocado e elaborado pela própria população e organizado por nossa equipe técnica.


"Acredito que nenhum político pode se achar o "sabichão", dono da verdade ou um ser superior e iluminado, que pensa saber tudo que as pessoas precisam, sem se quer ouvir suas demandas, reclamações e sugestões. Nosso grupo acredita que a nova política exige de nós humildade e paciência para ouvir a todos e assim estar em sintonia com o sentimento das ruas, pois temos certeza que ouvindo a Candanga, dias melhores virão!"

 

 

Mapa do site Dúvidas frequentes